INTO THE EYES

Já olhou os olhos de alguém hoje?

O que viu?

O que sentiu?

O que mudou?

Acredito que, os olhos são a parte mais expressiva de um ser.

A partir deles, podemos ler a alma e expressar nossos sentimentos.

Neste projeto, tenho como objetivo expressar a essência feminina através de personagens de diferentes formas, cores e personalidades.

Priorizando somente um elemento, a essência de ser uma mulher.

Para dar forma ao projeto, escolhi como ferramentas telas de diferentes formatos e tinta óleo de diferentes cores. Assim, pude construir os personagens, através de um olhar pessoal, dando forma às imagens da essência da alma feminina.

Não existe uma fórmula, nossos olhos têm cores distintas, escondem segredos de diferentes origens, focamos em horizontes irregulares.

Nossa pele é díspar, reage ao toque de maneira única, algumas de nossas marcas e cicatrizes expostas foram da infância, de um pai, tio ou irmão abusivo. Outras delas ocorreram no matrimônio, de um patriarca que nos tem como um utensílio doméstico.

Quem liga?

Nós ligamos!

Nossas formas são diversas, estamos de saco cheio de formatos pré-moldados, fabricados para nos manter no padrão de “qualidade”.

Nossos peitos, barrigas e bundas são grandes, eles são parte de nós, mas não nos definem por inteiro, temos alma, desejos e virtudes, não abrimos mão disso.

Não temos donos e não queremos receber ordens da senhoria, vamos tomar o controle sobre nossos corpos e mentes.

A nossa carne não está exposta em um açougue, na qual escolhe, paga e leva para casa para ser consumida.

Só nos toque se for convidado, do contrário sofrerá repúdio, já se foi o tempo em que éramos um sexo frágil, aliás, nunca fomos, vocês só largaram antes de nós. Temos muito mais argumentos e fundamentos, agora quem veste as calças “meu amor” somos nós.

Nós escolhemos nossas roupas, nossa profissão, quem iremos namorar, nossas músicas, livros e filmes, não somos objetos de prazer e nem nascemos para te fazer gozar.

Acostume-se com isso!!! Agora é a nossa vez!!!

Convido você para dar uma olhada em:

INTO THE EYES e dizer o que vê e sente.

Sem-título-1

Have you looked into someone’s eyes today?

What did you see?

What did you feel?

What has changed?

I believe that the eyes are the most expressive part of a being.

From them, we can read the soul and express our feelings.

In this project, I aim to express the feminine essence through characters of different shapes, colors and personalities.

Prioritizing only one element, the essence of being a woman.

To give shape to the project, I have chosen as tools tools of different formats and paints oil of different colors. With these tools, I was able to build the characters through a personal look, the essence of the female soul.

There is no formula, our eyes have distinct colors, they hide secrets of different origins, we focus on irregular horizons.

Our skin is disparate, reacts to the touch uniquely, some of our marks and scars exposed were from childhood, from a father, uncle or abusive brother. Others of them occurred in marriage, of a patriarch who has us as a domestic utensil.

Who cares?

We call!

Our shapes are diverse, we are full of preformed formats made to keep us in the “quality” standard.

Our breasts, bellies and asses are great, they are part of us, but they do not define us fully, we have soul, desires and virtues, we do not give it up.

We have no owners and we do not want to receive orders from the landlord, let’s take control over our bodies and minds.

Our flesh is not exposed in a butcher’s shop, where he chooses, pays, and takes us home to be consumed.

Just touch us if you are invited, otherwise you will suffer repudiation, if it was the time we were a fragile sex, by the way, we never went, you just left before us. We have many more arguments and fundamentals, now whoever wears the pants “my love” is us.

We choose our clothes, our profession, who we will date, our songs, books and movies, we are not objects of pleasure and we were not born to make you enjoy.

Get used to it !!! Now it’s our turn!!!

I invite you to take a look INTO THE EYES and say what you see and feel.